joomla templates top joomla templates template joomla

photo0106.jpgOs trabalhadores da SAMLA fizeram uma manifestação para reclamar o apoio das autoridades face às várias irregularidades que tem vindo a ser cometidas através de sucessivos pedidos de insolvência e retoma de produção através da mesma entidade patronal, recorrendo aos mesmos equipamento e inclusivamente a trabalhadores, anteriormente despedidos, na freguesia de Midões, concelho de Tábua.

Assim, a empresa, que já foi “ Cabasul”, e “Socotebal” até há seis anos, quando se declarou insolvente, até a reabertura da fábrica no mesmo sitio – mas agora com nova designação – “SAMLA”. A empresa reabriu com esta designação 2 dias depois, nas mesmas instalações, tendo solicitado as mesmas trabalhadoras ao centro de emprego, as trabalhadoras que tinham ficado sem emprego e sem os direitos inerentes relativamente à antiguidade, entre outros tantos direitos laborais.

A SAMLA, sempre teve bastante trabalho, contudo com salários em atraso, desde Dezembro de 2009, obrigando os trabalhadores a pedir a suspensão de contrato em Março, e tentado salvaguardar os seus direitos.

O PCP, que já questionou o Governo sobre esta situação, reuniu com os cerca de 60 trabalhadores tendo transmitido a sua solidariedade e apelado à união dos trabalhadores e à luta para salvaguardar os direitos dos trabalhadores.

20180305 97 aniversário do PCP

 

20180100 mupi obra hidroagrícola do mondego

 

20180100 Breve Curso da História do Capitalismo

 

20180203 jantar regional com jerónimo de sousa

 

20170210_ramal_da_lous_cumpra-se_o_aprovado.png

20170100_mupi_mais_direitos_mais_futuro_nao_precariedade_1.jpg

20170100_mupi_mais_direitos_mais_futuro_nao_precariedade_2.jpg

20160910_universidade_fundao.jpg