joomla templates top joomla templates template joomla

saude.jpgA extensão de Saúde de Semide está com menos um médico de família há mais de um ano. Muitos utentes são obrigados a deslocarem-se a Miranda do Corvo e a Coimbra, ou a aguardarem que outro médico, nem sempre o mesmo, os venha consultar.
 
Mas, hoje, a situação é ainda mais grave. O Centro de Saúde corre risco de FECHAR !!! A CDU tem conhecimento que a única médica em funções requereu já a aposentação.

Este Governo, apoiado na bengala do PSD, prepara-se para, em nome da crise que ele próprio criou, encerrar um serviço público tão importante para as populações de Semide e de Rio de Vide.

Mas, também a Junta de Freguesia, a Câmara Municipal e a Administração Regional de Saúde não podem “sacudir a água do capote”, serão os grandes responsáveis pelo encerramento deste tão importante serviço público.

 
A CDU já solicitou uma reunião, com carácter de urgência, à Direcção do Centro de Saúde

O PCP, através do seu Grupo Parlamentar, já questionou o Governo acerca desta situação. De seguida se transcreve o texto da pergunta.

 

 

Assunto: Falta de médicos na extensão de saúde de Semide, Miranda do Corvo

Destinatário: Ministério da Saúde

Exm.º Sr. Presidente da Assembleia da República

Chegou ao conhecimento do Grupo Parlamentar que a extensão de Saúde de Semide, concelho de Miranda do Corvo, está com menos um médico de família há mais de um ano. Muitos utentes são obrigados a deslocarem-se a Miranda do Corvo e a Coimbra, ou a aguardarem que outro médico, nem sempre o mesmo, os atenda. A esta situação já difícil, acresce que tivemos conhecimento que a única médica em funções requereu já a aposentação.

Sabendo que esta extensão de saúde é um serviço público essencial às populações de Semide e de Rio de Vide, o PCP acompanhará esta situação com muita preocupação, sobretudo num quadro de encerramento e reestruturação de serviços de saúde essenciais aos utentes e às populações.

Ao abrigo das disposições constitucionais e regimentais aplicáveis, solicito ao Governo que, por intermédio do Ministério da Saúde me sejam prestados os seguintes esclarecimentos:

  1. Que medidas pretende tomar no sentido de salvaguardar este serviço fundamental para os utentes e populações?

  2. Para quando a abertura de concurso público com vista à contratação de médicos integrados na carreira com vínculo público para este serviço?

20180305 97 aniversário do PCP

 

20180100 mupi obra hidroagrícola do mondego

 

20180100 Breve Curso da História do Capitalismo

 

20180203 jantar regional com jerónimo de sousa

 

20170210_ramal_da_lous_cumpra-se_o_aprovado.png

20170100_mupi_mais_direitos_mais_futuro_nao_precariedade_1.jpg

20170100_mupi_mais_direitos_mais_futuro_nao_precariedade_2.jpg

20160910_universidade_fundao.jpg